Bitcoin – Dicas e Tendências da Semana

A análise dessa semana se inicia um pouco diferente, começarei a falar do bitcoin x dólar, que atingiu com êxito o seu último alvo de projeção relevante informado na análise anterior! No valor de USD 1.880.

Atualmente tenta pela segunda vez, em plena essa grande pernada de alta que realizou nessas últimas semanas, iniciar um movimento de correção. Ele em gráficos menores (intra-diários) já é possível perceber com clareza uma reversão de tendência “lá dentro”. Caso esse movimento menor se intensifique, poderá trazer o gráfico diário (da imagem) para a tão esperada correção! Uma pequena ou maior correção, valores que irei informar a diante nessa postagem.
Quem sabe não é agora que ela surge?
BTC x USD

 

Quem negocia o BTC x USD, principalmente o da Poloniex (Tether), como dito, após o preço ter conquistado o último alvo projetado previamente e não ter o superado (lugar esse ali que o preço reagiu muito bem como resistência), ele recentemente iniciou uma pequena consolidação, apresentou teste de topo em gráficos menores e agora inicia uma tentativa de correção normal e saldável, que não vimos ainda acontecer durante tudo esse tempo!

Pontos importantes:

• Seus possíveis níveis que pode alcançar, caso ele inicie de fato essa correção, primeiramente é a linha de tendência de alta mais inclinada em USD 1.610.
O segundo nível (na média móvel), em USD 1.545.
E o terceiro e último nível, a tradicional retração de Fibonacci, entre a região de USD 1.405 até USD 1.300.

• Pra cima, vejo a dificuldade entre USD 1.850 ao USD 1.900. O que por hora, não demostra grande possibilidade de que volte até lá.

BTC x BRL
Enquanto isso o BTC x BRL segue com a mesma condição, sendo que neste, o gráfico indica a formação de um triângulo. E vejo a possibilidade de correção do preço um pouco maior que a do BTC x USD em termos percentuais, praticamente o dobro do potencial de queda que existe no BTC x USD. Algo em torno de 19% caso resolva vir pra abaixo.

Pontos importantes:

• Caso o nosso bitcoin cotado nas exchanges brasileiras venha a cair, eu vejo duas zonas de interesse para quem deseja comprar, ou fazer uma recompra.
A primeira próximo de região de média móvel, que seria entre R$ 5.400 até R$ 5.200.
E a segunda, para quem preferir tentar um preço menor (o que necessitaria de uma pressão vendedora maior por parte do mercado para que chegue até lá), o nível de retração padrão de preço, que se entende entre R$ 5.000 e R$ 4.650.
E ainda temos um desenho de triângulo lateral no mesmo gráfico. Que eventualmente o preço sairá dele e decidirá pra onde vai. Mas por ser lateral, fica uma condição neutra sem preferência de direção.
O rompimento dele abaixo dos R$ 6.250, apresentará uma característica maior na intenção de correção do preço. Enquanto se ele romper pra cima dos R$ 6.520 ele demonstrará desejo de continuar a alta, ignorando novamente a correção.

• E falando na alta, seu único desafio visível no momento é o topo de R$ 6.800!

Atenção nessa hora, pois o mercado parece que está aguardando alguma informação relevante para sair, pode ser o resultado da reavaliação da SEC (sobre colocar o bitcoin em um ETF na bolsa de Nova York), ou alguma outra notícia importante. É uma ótima oportunidade de se avaliar uma venda agora, pois o preço está dando essa chance faz alguns dias, o mesmo consolida levemente no topo!

Só nunca se esqueça de gerenciar bem o seu risco, e da boa dose de bom senso, eles serão sempre seus amigos! 😉

Uma ótima semana de trades a todos!

*Por fim, os preços citados para compra e venda devem ser levados em consideração para as pessoas que buscam realizar operações de curto prazo. Para investidores que buscam operações de médio e longo prazo, a maior probabilidade é de que o preço prossiga em alta. É importante ressaltar que análise técnica não apresenta o que acontecerá, apenas as probabilidades.

Um comentário em “Bitcoin – Dicas e Tendências da Semana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *