Blockchain, a tecnologia por trás do Bitcoin: Qual o seu futuro?

Blockchain, a tecnologia que surgiu junto com o bitcoin e que faz todo o sistema funcionar, está revolucionando o mundo.  O Blockchain é mais conhecido pelo seu amplo uso no mercado de Criptomoedas. Seu potencial e a sua utilidade são inúmeras, e o mercado já investe nessas possibilidades.

O que é Blockchain?

Blockchain significa “Cadeia de blocos” e é uma tecnologia cuja sua aplicação visa transações seguras, transparentes, simples e eficientes.

É um banco de dados público e inviolável. Através dele é possível registrar arquivos digitais de todos tipos. Isso vale para um texto ou para um software, por exemplo. Cada item guardado é datado e gera uma espécie de assinatura, formada por uma sequência de letras e números.

Esta assinatura é compartilhadas por todos que estiverem conectados a sua rede, tornando-os “testemunhas” desse registro.

Como funciona?

Os computadores criam uma cadeia de blocos que contém os códigos dos registros de cada operação. É uma espécie de livro- razão público.

 

Ao realizar a transferência do ativo, o sistema cria um código que é distribuído em uma rede. Nesta rede, estão conectados os computadores que fazem as  confirmações do recebimento dos códigos. Assim se valida a transação.

Este sistema pretende otimizar processos com maior agilidade nas transações e maior segurança das informações.  Sem a necessidade de intermediação de terceiros, nem de um sistema centralizado.

 

Outras aplicações

A tecnologia blockchain pode ser empregada em muitas indústrias para melhorar seus processos, por exemplo transferir e autenticar documentos, workflows de negócio, doações, na cadeia de produção, etc.

 

Turismo

O chefe da Agência Federal de Turismo da Rússia, Oleg Safonov,  disse, em uma entrevista “a tecnologia blockchain vai revolucionar o setor do turismo do país, melhorando a qualidade dos serviços disponíveis.”

A tecnologia, segundo ele, poderia permitir aos turistas e aos consumidores, trabalharem ligados diretamente aos provedores  removendo todos os intermediários. Com isso o produto ganharia em qualidade, se tornaria menos caro e também aumenta a responsabilidade do fornecedor pelo produto.

Bancos

Os Bancos no mundo todo estão estudando a utilização deste tipo de criptografia.

 

 

Camille Ocampo, diretor de serviços financeiros da Capgemini, disse que a Blockchain irá representar para o setor financeiro uma revolução equivalente ao compartilhamento de arquivos no segmento de música.

 

Cartório

Neste caso o Blockchain seria o meio utilizado para autenticar uma transação para as partes envolvidas eliminando burocracia. Por exemplo, registros e reconhecimentos de firmas em cartórios.

 

 

Outra oportunidade está em automatizar a execução desses documentos, com sistemas capazes de verificar se as condições estão sendo cumpridas.

 

Hoje a plataforma OriginalMy já oferece esse recurso.

 

 

 

Conclusão

O diretor da Global de Ofertas de Blockchain da IBM, disse “precisamos evoluir a internet para deixá-la economicamente ciente, e não será uma aplicação, será a estrutura”. Isto foi dito em uma nota na The Block Chain Conference, realizada em São Francisco, em fevereiro de 2016.

Com base nesses aspectos, nota-se a necessidade do mundo em mudar. Mudar a forma em lidar com o volume de dados sendo registrados pelos cidadãos do mundo. A burocracia é o principal problema no registro de transações e documentos. O Blockchain veio para solucionar isso.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *